TIM vai conectar tornozeleiras eletrônicas com rede 4G e NB-IoT

silhueta de homem enquanto corre

A TIM anunciou nesta semana um acordo para disponibilizar cobertura 4G e NB-IoT (voltada à Internet das Coisas) para tornozeleiras eletrônicas que monitoram presos em regime semiaberto ou domiciliar.

O compromisso foi assinado ao lado da Spacecom, que atua no ramo de monitoramento de sentenciados. Dessa forma, a operadora prestará serviços de conectividade em apoio ao Sistema de Acompanhamento de Custódia 24 Horas (SAC24).

"Ficamos felizes em oferecer a plataforma NB-IoT da TIM para a Spacecom. Essa tecnologia, adotada como padrão mundialmente, já é utilizada massivamente para vários tipos conexões e aplicações, como na China e EUA para conexão de medidores de energia, por exemplo", explicou o diretor de soluções comporativas da TIM Brasil, Paulo Humberto Gouvêa, em comunicado emitido pela empresa.

Notícias relacionadas

Presença

Atualmente, a Spacecom disponibiliza a tecnologia de monitoramento a secretarias de segurança pública de 15 estados brasileiros, além da Justiça Federal de São Paulo, Paraná e Rio Grande do Sul. Desenvolvida pela própria companhia e certificada pela Anatel, o modelo de tornozeleira oferecido pela firma seria o primeiro com tecnologia NB-IoT do mercado nacional.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.