Conclusão da venda da Nextel para Claro deverá ser dia 18

[Atualizado em 12/12] A expectativa da conclusão da venda da Nextel para a Claro é de "por volta" de mais uma semana. Segundo afirmou a atual controladora da Nextel, a Nii Holdings, em comunicado ao mercado norte-americano na Securities and Exchange Commision (SEC), a empresa recebeu nesta quarta-feira, 11, a aprovação final do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), completando as aprovações regulatórias brasileiras previstas no acordo de aquisição com a América Móvil. 

"A companhia atualmente espera que a finalização da transação aconteça em, ou por volta de, 18 de dezembro de 2019", diz o comunicado. A previsão certamente trará alívio à controladora, uma vez que existia o temor de que a demora nas aprovações pudessem trazer impactos. A norte-americana chegou a afirmar que, se fosse postergada para depois do primeiro trimestre, a empresa poderia ter que alterar plano de negócios para reduzir gastos e obter nova linha de recursos. 

Notícias relacionadas

Essa aprovação do Cade também marca o processo de transição para a dissolução da controladora. No comunicado enviado à SEC na quarta-feira, a Nii afirma que o conselho de diretores determinou que, com a finalização da venda, o atual CEO e principal diretor executivo da Nextel, Roberto Rittes, deixaria de ser "funcionário da subsidiária". Segundo a Nextel Brasil, na realidade Rittes permanecerá como CEO, e isso será comunicado ao mercado. Daniel Freiman, vice-presidente e CFO da Nii, foi nomeado pelo conselho para também servir como executivo principal, o que passa a valer na próxima semana. 

Nessa mesma data, a própria Nii vai se dissolver, com James Continenza, Ricardo Knoepfelmacher, Christopher Rogers e Robert Schriesheim renunciando aos seus cargos de conselheiros. A mesa diretora será reduzida a apenas três executivos, que serão efetivados também em 18 de dezembro.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.