Por US$ 75 milhões, Flextronics assume fábricas da Motorola no Brasil e na China

A Motorola Mobility anunciou a terceirização de sua linha de produção de smartphones e tablets localizada em Tianjin, na China, para a Flextronics, que assumirá também a gestão e as operações da fábrica da empresa em Jaguariúna, no interior de São Paulo. Os empregados, bem como os ativos, serão transferidos para a Flextronics até junho de 2013, quando está prevista a conclusão da transação.

O negócio, avaliado em aproximadamente US$ 75 milhões, inclui a compra das instalações prediais e equipamentos relacionados à linha de produção na China, além da absorção de "alguns milhares de empregados treinados e capacitados", enquanto no Brasil envolve o maquinário da fábrica e incorporação dos funcionários — o prédio continua como propriedade da Motorola.

O acordo com a Motorola, controlada pelo Google, também inclui fabricação e serviços para aparelhos que usam Android, informou a Flextronics em comunicado. A Flextronics diz apenas que a incorporação das plantas industiriais deve somar "alguns bilhões de dólares" à sua receita anual, sem revelar valores.

"O acordo com a Flextronics é um passo importante para transformarmos nossa cadeia de suprimentos em uma vantagem competitiva para a Motorola Mobility", afirmou o vice-presidente sênior de operações da Motorola Mobility, Mark Randall. "A Flextronics é nossa parceira há anos e a experiência na indústria nos permitirá focar em outras áreas da cadeia onde podemos agregar maior valor", finalizou.

A Motorola Mobility foi comprada pelo Google no ano passado por US$ 12,5 bilhões e, ao término da fusão, a empresa de buscas deu início a um amplo processo de reestruturação das atividades. Aproximadamente 20% dos funcionários foram demitidos, totalizando 4 mil pessoas, sendo ao menos 220 no Brasil. À época do anúncio, em agosto deste ano, o Google divulgou que todos os trabalhadores dispensados ocupavam a área administrativa da unidade do interior paulista.

As mudanças estão sendo levadas a cabo em todo o mundo. Na última segunda-feira, 10, o Google anunciou o fim de grande parte das atividades da Motorola Mobility na Coreia do Sul, que culminou com o fechamento do laboratório de pesquisa e desenvolvimento (P&D) na Ásia. Apenas 10% dos especialistas serão realocados em outras áreas da fabricante.

Notícia atualizada às 11h47 (horário de Brasília).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.