Triple play é o desafio regulatório para 2007, diz Perrone

Na opinião de Luiz Francisco Perrone, vice-presidente de planejamento estratégico e assuntos regulatórios da Brasil Telecom (BrT), o maior desafio regulatório para o setor de telecomunicações brasileiro em 2007 é definir o conceito e as regras para a implementação do chamado ?triple play?. ?Por que os mexicanos podem fazer triple play e os brasileiros não??, perguntou o executivo, em referência à atuação da Embratel, da Claro e da Net, todas ligadas ao grupo mexicano Telmex.
Perrone entende, por exemplo, que não há empecilho regulatório algum para a entrada da Telefônica na área de TV por assinatura através da tecnologia de DTH. ?A Telefônica é uma nova entrante. Vai gerar competição no mercado. Aliás, seus concorrentes em DTH são controlados por empresas estrangeiras?, comentou.
A Brasil Telecom já iniciou os testes com IPTV, tendo hoje aproximadamente 300 pessoas utilizando o serviço. Perrone não informou a previsão para o lançamento comercial oficial. Mas, para evitar questionamentos regulatórios, a BrT oferecerá, inicialmente, apenas o serviço de vídeo-on-demand.

Notícias relacionadas

Operadoras virtuais

Outro tema que deve ser motivo de grandes debates em 2007 é a criação de um regulamento para viabilizar o surgimento de operadoras virtuais de telefonia móvel no Brasil. Perrone informou que dois grupos interessados em criar operadoras móveis virtuais já procuraram a BrT. O problema, segundo ele, é que as propostas dessas empresas eram demasiadamente predatórias ao negócio da própria BrT. ?Quando aparecer alguém disposto a fazer uma oferta criativa, que aumente a demanda por telefonia móvel, vamos conversar?, afirmou o executivo, que preferiu não citar os nomes das companhias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.