Telefônica: "Embratel negou metade da capacidade oferecida"

Ouvida por TELETIME News, a Telefônica discorda da operadora de longa distância: "Recebo com estranheza a declaração da Embratel. Há cerca de um mês e meio fomos entregar estes meios à operadora e ela não quis usar metade da capacidade oferecida", diz a diretora de interconexão da Telefônica, Anni Júlia de Oliveira. "Estamos ainda em fase de expansão de rede e temos um cronograma para a entrega destes troncos que nem sempre é compatível com os prazos das demais operadoras. Mas nunca nos negamos a atender pedidos deste tipo", afirma. Vale lembrar, porém, que as críticas a atrasos na entrega de digitroncos já foram feitas, muitas vezes, pelos provedores de acesso à Internet e sua associação, a Abranet. E, segundo o presidente da Telcomp, Álvaro Marques, entidade que reúne os prestadores de serviço limitado especializado (SLE), algumas empresas da categoria vêm sofrendo os mesmos problemas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.