Senacon abre processo contra TIM por suposta propaganda enganosa

(Atualizada às 13:15) O Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC), da Secretaria Nacional do Consumidor (Senacom), instaurou processo administrativo contra a operadora TIM, com base na publicidade "WhatsApp Ilimitado". A suspeita é de prática de propaganda enganosa.

O processo vai apurar se o modo como foi divulgado o serviço, especialmente os anúncios publicitários, estariam descumprindo o dever dos fornecedores de que toda oferta deve ser clara, precisa e correta, sem induzir o consumidor a erro.

A empresa terá 10 dias para apresentar defesa e, se condenada, poderá ser multada em valores que chegam a aproximadamente R$ 9 milhões.

Outro lado

 
A TIM informa que ainda
não foi notificada sobre a instauração do processo administrativo da Secretaria Nacional do Consumidor do Ministério da Justiça (SENACON). A operadora já estava prestando todas as informações ao órgão em um procedimento de averiguação preliminar e continuará à disposição para esclarecer o tema.

 

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.