Para Cisco, pacotes de serviços e personalização são tendência em TV paga

Para Kenneth Klaer, vice-presidente de sistemas de redes por assinatura da Cisco, que falou nesta segunda, 11, durante a ABTA 2008, o mercado de TV paga no mundo segue um caminho bastante claro: personalização dos conteúdos, com serviços de VOD e pacotes customizados; empacotamento de múltiplos serviços; e, no futuro, integração destes serviços em plataformas IP. Ele apresentou pesquisas realizadas com usuários brasileiros em que a oferta combinada de produtos foi percebida por 57% dos entrevistados como um motivador para a aquisição de TV por assinatura. Além disso, segundo Klaer, o tráfego das redes de dados está crescendo mundialmente a uma taxa de 43% ao ano, em função da oferta de conteúdos de vídeo, o que levou muitos operadores dos EUA a iniciarem a atualização de suas plataformas, partindo para redes de 1 GHz (contra as atuais redes híbridas de fibras e cabos coaxiais com capacidade de 750 MHz) e a redução dos nós ópticos para 230 lares por nó. "É uma resposta ao esforço das teles de investir em acesso por fibra", disse. Klaer diz acreditar que hoje, no mercado norte-americano, tanto operadoras de cabo quanto teles estão bem posicionadas para a oferta de conteúdos de vídeo. Mas que é impossível prever se haverá algum vencedor nessa disputa. O áudio com entrevista sobre alguns destes temas está disponível na home page do site TELETIME.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.