Claro passa a incorporar serviços fixos da Net

Quatro anos após a controladora América Móvil ter promovido a fusão operacional das empresas, o grupo Claro Brasil anunciou nesta quinta-feira, 11, a consolidação da marca da Net. Agora, todos os serviços, incluindo a TV paga e a banda larga fixa via cabo passarão a usar a marca Claro. Na prática, quase nada muda para o consumidor. Mas com isso, o grupo padroniza o nome da Claro, marca criada no Brasil e que já é utilizada para serviços fixos em outros países da América Latina. "Ao concentrar os investimentos e atuação mercadológica, [a marca] fica ainda maior e mais forte, com presença global e portfólio completo de serviços", destacou em comunicado à imprensa o presidente da Claro, José Félix.

Segundo informou a Claro no comunicado, a consolidação também prepara a empresa para as tendências tecnológicas – notadamente, a chegada do 5G e suas aplicações avançadas. "Tudo isso chegará através das redes móveis, que precisarão multiplicar a quantidade de antenas de transmissão e conectá-las via fibra ótica para garantir capacidade de transmissão necessária", descreve a operadora, que se diz "preparada para o 5G". "Estamos juntando conteúdo, tecnologia de ponta, fibra ótica e mobilidade, um passo fundamental e definitivo para preparar a Claro para continuar levando o novo para os nossos clientes", destaca o diretor de marketing, Marcio Carvalho.

A Net agora passará a dar nome aos produtos do segmento residencial e para pequenas e médias empresas (cujo portfólio agora será consolidado no Claro Empresas). Ou seja: o nome da Net ainda continuará presente nos produtos. A Net TV agora passa a ser chamada de Claro Net TV. Já a banda larga fixa do Vírtua passará a ser chamada de Claro Net Vírtua. Segundo a operadora, não haverá nenhuma mudança nos planos contratados, ou mesmo nos equipamentos já instalados.

Também não haverá mudança nos planos e nas políticas comerciais, e o acesso a plataformas como o Now mantém o mesmo login e senha do usuário atual. A empresa diz que o site da Net poderá ser acessado "normalmente por enquanto", mas que gradativamente haverá migração dos produtos e serviços para dentro do site da Claro. Da mesma forma, o perfil @NETOficial em redes sociais irá migrar aos poucos para o perfil @ClaroBrasil. Os números de atendimentos permanecerão os mesmos, de acordo com o serviço contratado, mas a empresa também promete trabalhar para integrar todo o atendimento. Os aplicativos de autoatendimento da Net permanecerão os mesmos, mas mudarão os nomes: o Minha NET passará a ser chamado de Minha Claro Residencial (atendendo aos produtos de banda larga, TV e telefone fixo, além do combo multi); enquanto o Minha Claro será chamado de Minha Claro Móvel, permanecendo exclusivo para o serviço de celular.

Embora os produtos para PME estejam agora com a marca Claro Empresas, o segmento corporativo não mudará. Assim, a Embratel continuará sendo a marca de soluções de aplicações em nuvem, segurança digital, IoT e serviços de TI.

Na comunicação, a Claro esclarece ainda que as funcionalidades da Claro TV permanecem, mas destacando que os produtos da Net utilizam o mesmo cabo coaxial, o que permite vantagens e serviços adicionais possíveis via IP, como o acesso ao Netflix, a conteúdos 4K e a recursos interativos.

A companhia disponibiliza no site da nova marca um FAQ (perguntas frequentes) na qual justifica a consolidação ao mencionar que desde 2011, a Net e a Claro já disponibilizavam ofertas no Combo Multi, mas que desde 2015 passaram a ser a mesma empresa. "Os clientes Net continuarão com seus serviços, tanto em casa como em suas empresas normalmente." A companhia diz que a união das marcas permite uma oferta integrada e convergente de serviços fixos e móvel. "A marca Claro, que foi criada no Brasil e exportada para vários países da América Latina, passa a concentrar os investimentos e sua atuação mercadológica, ficando ainda maior e mais forte, com presença global e portfólio completo de serviços."

Os benefícios obtidos com a assinatura de quad-play (móvel, telefonia fixa, banda larga e TV por assinatura) e variantes com o celular continuam. Mas o programa de vantagens Claro Clube passa a ser integrado para todos os clientes, mas com políticas específicas para cada segmento.

2 COMENTÁRIOS

  1. Apesar da Claro ser detentora da empresa Net eu não entendi essa jogada de marketing sobre alterar o nome dos produtos para claro net tv,fixo e virtua,gente as pessoas vivem no seculo XXl o que muda com isso?os combos que induzem as pessoas pagarem mais por um pacote de serviços?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.