Claro passa a incorporar serviços fixos da Net

Quatro anos após a controladora América Móvil ter promovido a fusão operacional das empresas, o grupo Claro Brasil anunciou nesta quinta-feira, 11, a consolidação da marca da Net. Agora, todos os serviços, incluindo a TV paga e a banda larga fixa via cabo passarão a usar a marca Claro. Na prática, quase nada muda para o consumidor. Mas com isso, o grupo padroniza o nome da Claro, marca criada no Brasil e que já é utilizada para serviços fixos em outros países da América Latina. "Ao concentrar os investimentos e atuação mercadológica, [a marca] fica ainda maior e mais forte, com presença global e portfólio completo de serviços", destacou em comunicado à imprensa o presidente da Claro, José Félix.

Segundo informou a Claro no comunicado, a consolidação também prepara a empresa para as tendências tecnológicas – notadamente, a chegada do 5G e suas aplicações avançadas. "Tudo isso chegará através das redes móveis, que precisarão multiplicar a quantidade de antenas de transmissão e conectá-las via fibra ótica para garantir capacidade de transmissão necessária", descreve a operadora, que se diz "preparada para o 5G". "Estamos juntando conteúdo, tecnologia de ponta, fibra ótica e mobilidade, um passo fundamental e definitivo para preparar a Claro para continuar levando o novo para os nossos clientes", destaca o diretor de marketing, Marcio Carvalho.

A Net agora passará a dar nome aos produtos do segmento residencial e para pequenas e médias empresas (cujo portfólio agora será consolidado no Claro Empresas). Ou seja: o nome da Net ainda continuará presente nos produtos. A Net TV agora passa a ser chamada de Claro Net TV. Já a banda larga fixa do Vírtua passará a ser chamada de Claro Net Vírtua. Segundo a operadora, não haverá nenhuma mudança nos planos contratados, ou mesmo nos equipamentos já instalados.

Também não haverá mudança nos planos e nas políticas comerciais, e o acesso a plataformas como o Now mantém o mesmo login e senha do usuário atual. A empresa diz que o site da Net poderá ser acessado "normalmente por enquanto", mas que gradativamente haverá migração dos produtos e serviços para dentro do site da Claro. Da mesma forma, o perfil @NETOficial em redes sociais irá migrar aos poucos para o perfil @ClaroBrasil. Os números de atendimentos permanecerão os mesmos, de acordo com o serviço contratado, mas a empresa também promete trabalhar para integrar todo o atendimento. Os aplicativos de autoatendimento da Net permanecerão os mesmos, mas mudarão os nomes: o Minha NET passará a ser chamado de Minha Claro Residencial (atendendo aos produtos de banda larga, TV e telefone fixo, além do combo multi); enquanto o Minha Claro será chamado de Minha Claro Móvel, permanecendo exclusivo para o serviço de celular.

Embora os produtos para PME estejam agora com a marca Claro Empresas, o segmento corporativo não mudará. Assim, a Embratel continuará sendo a marca de soluções de aplicações em nuvem, segurança digital, IoT e serviços de TI.

Na comunicação, a Claro esclarece ainda que as funcionalidades da Claro TV permanecem, mas destacando que os produtos da Net utilizam o mesmo cabo coaxial, o que permite vantagens e serviços adicionais possíveis via IP, como o acesso ao Netflix, a conteúdos 4K e a recursos interativos.

A companhia disponibiliza no site da nova marca um FAQ (perguntas frequentes) na qual justifica a consolidação ao mencionar que desde 2011, a Net e a Claro já disponibilizavam ofertas no Combo Multi, mas que desde 2015 passaram a ser a mesma empresa. "Os clientes Net continuarão com seus serviços, tanto em casa como em suas empresas normalmente." A companhia diz que a união das marcas permite uma oferta integrada e convergente de serviços fixos e móvel. "A marca Claro, que foi criada no Brasil e exportada para vários países da América Latina, passa a concentrar os investimentos e sua atuação mercadológica, ficando ainda maior e mais forte, com presença global e portfólio completo de serviços."

Os benefícios obtidos com a assinatura de quad-play (móvel, telefonia fixa, banda larga e TV por assinatura) e variantes com o celular continuam. Mas o programa de vantagens Claro Clube passa a ser integrado para todos os clientes, mas com políticas específicas para cada segmento.

2 COMENTÁRIOS

  1. Apesar da Claro ser detentora da empresa Net eu não entendi essa jogada de marketing sobre alterar o nome dos produtos para claro net tv,fixo e virtua,gente as pessoas vivem no seculo XXl o que muda com isso?os combos que induzem as pessoas pagarem mais por um pacote de serviços?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.