Angola Cables começa a construir data center em Fortaleza

A Angola Cables começou a construir o data center que servirá para serviços de TI na região e como landing station de sistemas de cabos na Praia do Futuro, em Fortaleza. A empresa realizou evento com autoridades cearenses e executivos da empresa para lançar a pedra fundamental que dará início às etapas de início da fundação, limpeza, drenagem, nivelamento do terreno e terraplanagem, entre outros. Com investimento de R$ 72 milhões apenas para a construção do data center (de um total de US$ 300 milhões investidos no País) e financiamento do Banco de Desenvolvimento de Angola, a previsão de operação é primeiro trimestre de 2018, segundo a companhia.

Fruto de parceria entre a Angola Cables e a prefeitura de Fortaleza, o data center Tier III ocupará uma área total de 9 mil metros quadrados (3 mil metros quadrados de "área útil de TI") quando todas as fases forem concluídas. Servirá também para receber e armazenar conteúdos digitais do Nordeste, com a ideia de tornar a capital cearense "um dos principais polos tecnológicos e de telecomunicações da América Latina, desenvolvendo capacidades para receber conectividade de múltiplos operadores da região e internacionais". A cidade deverá receber várias rotas de cabos submarinos, incluindo o sistema Monet, em parceria com a operadora uruguaia Antel, Algar Telecom e Google e que deverá entrar em operação até o final do ano; e o SACS, que ligará a capital cearense a Luanda, em Angola.

A Angola Cables diz ainda que a infraestrutura oferecerá neutralidade para que qualquer provedor possa se conectar ao data center. A empresa diz que tem como objetivo obter a maior diversidade possível de provedores de conteúdo e de conectividade "de dentro e fora do mercado brasileiro". Assim, ele pode servir como landing station de outros cabos submarinos, por exemplo.

1 COMENTÁRIO

  1. Muito bom para o Brasil e principalmente para a economia local. Sem contar que irá revitalizar em muito esta região de Fortaleza, que de dia é muito frequentada por turistas e moradores mas a noite é muito deserta e perigosa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.