"A rede sempre foi inteligente", afirma diretor de estratégia da Cisco

A estratégia da Cisco com machine learning e inteligência artificial também passa pelas redes. O diretor-executivo de estratégia da fornecedora, Anuj Kapur, comparou a importância da infraestrutura com a veia sanguínea para as pessoas. "A rede sempre foi inteligente", disse ele a jornalistas em coletiva durante evento Cisco Live nesta segunda, 10, em San Diego, Estados Unidos. Ele compara esse aspecto da rede com o Google, que utiliza algoritmos para apresentar os resultados mais relevantes em buscas.

"Nos últimos dez anos de machine learning e AI, temos focados em construir capacidade, e tem feito isso sobre colaboração", declara. "Os clientes precisam ter tempo reduzido para detectar e mitigar, parece uma sala de emergência. Você precisa ter confiança que eles podem diagnosticar um problema e o que fazer", afirma.

A empresa tem utilizado também o que chama de "machine reasoning", que permite ter tomada de decisões baseadas em algoritmo. "Isso pode me ajudar a criar um modelo mais afinado com meu ambiente, e assim posso garantir que as decisões tomadas sejam certas, sem intervenção humana", declara.

Para adquirir a bagagem no assunto, a Cisco tem procurado crescer de forma inorgânica, diz Kapur. "Sempre focamos em ser uma empresa que move o pacote do ponto A ao ponto B, com escala a proposição econômica", explica. "Por isso a gente tem sempre um investimento em coisas como empresas de silício e ótico, para levar a uma integração do sistema", destaca.

(* O jornalista viajou a San Diego a convite da Cisco)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.