Publicidade
Início Newsletter Com impacto da pandemia, operadoras investiram R$ 31,1 bi no Brasil em...

Com impacto da pandemia, operadoras investiram R$ 31,1 bi no Brasil em 2020

A Conexis Brasil Digital divulgou nesta terça-feira, 11, balanço que mostra que os investimentos das operadoras somaram R$ 31,1 bilhões em 2020. A entidade diz que, mesmo com os efeitos negativos da pandemia da covid-19 na economia, o setor manteve os investimentos acima de R$ 30 bilhões.

Ainda assim, o montante resultou em uma redução de 5,76% em relação a 2019, quando o setor registrou investimentos de R$ 33 bilhões.

Contudo, a Conexis afirma que, levando em conta a média de investimentos dos últimos cinco anos em dados nominais (R$ 30,5 bilhões), o valor investido em 2020 apresentaria crescimento de mais de 2%. Em valores corrigidos pela inflação, o investimento em 2020 seria de R$ 32 bilhões, ficando um pouco abaixo da média de 2015 a 2019, que foi de R$ 35 bilhões.

Notícias relacionadas

A entidade, que representa as grandes operadoras de telecomunicações do Brasil, também aponta que houve evolução na comparação com o trimestre imediatamente anterior. Nos últimos três meses do ano de 2020 o investimento do setor cresceu 38,2% em relação ao terceiro trimestre, desta vez em valores nominais, e 1,7% em relação ao quarto trimestre de 2019.

Investimentos e receita

Desde a privatização, o setor já aplicou mais de R$ 1 trilhão em valores atualizados e incluindo o pagamento de outorgas. Só em investimentos, o valor já se aproxima de R$ 900 bilhões.

“Estamos mantendo os investimentos mesmo num cenário de queda na receita do setor. A receita bruta de telecomunicações ficou em R$ 249 bilhões em 2020, uma redução de 2% em relação ao ano anterior”, afirmou o presidente executivo da Conexis Brasil Digital, Marcos Ferrari. “Inadiavelmente, temos que passar por uma reforma tributária que melhore essa relação e aumente o benefício para o consumidor”, complementou.

Ferrari destacou ainda que grande parte do investimento está sendo aplicada na instalação de fibra óptica. “Estamos no topo da curva de adoção do 4G, o investimento é em expansão da rede, fibra óptica. Na fibra que chega na casa do cidadão. A maior parte dos investimentos é voltada para isso”, explicou Ferrari.

No balanço, a Conexis diz que em 2020, a mão de obra do setor teve um aumento de 4,4%. Com isso, o número de empregos diretos no setor passou de 483 mil para 504 mil.

Mercado

O número de acessos a serviços de telecomunicações passou de 308,8 milhões para 315,7 milhões. A banda larga fixa cresceu 10% em 2020, com a conexão de 3,4 milhões de novos acessos enquanto a internet móvel cresceu 5,3% com a ativação de 10,5 milhões de novos acessos. A telefonia móvel também cresceu no ano passado, com 7,4 milhões de novos acessos, alcançando 234,1 milhões de celulares em todo o país.

A Conexis defende para este ano uma agenda que priorize a digitalização do País, com políticas públicas que incentivem os investimentos e uma reforma tributária que alivie o peso dos impostos para o brasileiro.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sair da versão mobile