Telefónica forma nova unidade de cibersegurança focada em IoT

O Grupo Telefónica assinou contrato com a fornecedora de soluções de segurança para telecomunicações, Subex, para formar uma nova unidade de cibersegurança focada em Internet das Coisas, batizada de IoT Security. O grupo espanhol, que controla a Vivo no Brasil, participará da iniciativa por meio de sua unidade ElevenPaths, que chegou ao mercado brasileiro no mês passado. Conforme anunciaram as empresas nesta quinta-feira, 11, a ideia é endereçar o aumento do risco com o crescimento da Internet e dispositivos conectados, além de promover a implantação de IoT. Até o momento, ainda não há informação se essa parceria também valerá para o Brasil.

A Telefónica está trabalhando com dois objetivos: expandir o catálogo existente de produtos e serviços IoT e desenvolver novas soluções para atacar ameaças para os negócios que implantem a tecnologia. A divisão utilizará a infraestrutura de rede do grupo espanhol e a plataforma Kite, que gerencia conectividade de Internet das Coisas e promete aumento de eficiência com redução de custos. A unidade de cibersegurança em IoT ofertará gestão de credenciais de segurança para dispositivos e segurança de DNS, além de adaptar parte do catálogo de soluções genéricas de cibersegurança para aplicações em IoT.

As duas empresas já tinham parceria: a espanhola utiliza a solução de gestão de fraude como serviço (FMaaS, na sigla em inglês) da Subex. A nova colaboração agora também prevê a análise do tráfego de dados gerados pelos dispositivos IoT e detecta ameaças específicas nesse campo, utilizando algoritmos de machine-learning e gerando alerta de detecção. A Telefónica pode então utilizar essa plataforma para melhorar a segurança para a tecnologia, uma vez que muitos dos sensores e aparelhos de IoT são simples e não contam com capacidades de proteção.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.