Level 3 planeja ser operadora móvel virtual em 2013

A Level 3, prestadora de serviços de telecomunicações e tecnologia da informação para o mercado corporativo, estuda parcerias que viabilizem sua entrada no mercado brasileiro de telefonia móvel como uma operadora virtual (MVNO, na sigla em inglês). E, caso se concretizem os planos da companhia de fechar um acordo no segundo semestre deste ano, a oferta de telefonia móvel da empresa começaria já em 2013.

Notícias relacionadas
Segundo o vice-presidente da área te voz para a América Latina da Level 3, Antônio José Casucci, a companhia tem duas estratégias para a área. A primeira é negociar com as operadoras o aluguel de capacidade na rede, para ter sua própria MVNO. A segunda alternativa seria firmar parceria comercial com uma operadora virtual já constituída no Brasil para venda de serviços ao mercado corporativo. Neste caso, a Level 3 atuaria apenas na parte de comercialização do serviço. “Hoje a telefonia móvel está avançando e os clientes da telefonia fixa perguntam quando teremos esse complemento”, comenta o executivo sobre o interesse em entrar neste mercado.

Segundo Casucci, pelo perfil da companhia, não faz sentido se tornar uma operadora convencional, apenas agregar um serviço complementar ao já ofertado pela Level 3 no mercado corporativo. “Não temos o interesse em prestar serviço de massa, apenas atender ao nicho corporativo”.

A entrada na telefonia móvel virtual é parte de uma estratégia global da Level 3, especialmente na América Latina, onde há negociações em curso para implantar o serviço no Brasil, Argentina e Colômbia. Neste último país, a empresa já pediu uma licença de operação ao órgão regulador.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.