Seaborn Networks contrata capacidade de backhaul e rede metro para SP

A operadora de cabo submarino Seaborn Networks, que desenvolve o Seabras-1, que ligará diretamente São Paulo a Nova York, adquiriu capacidade de rede no Estado para servir de infraestrutura terrestre para a nova rota. Segundo informou a empresa nesta quarta-feira, 11, as parcerias escolhidas foram a Netell Telecom e a Citatel Dutos e Fibras Ópticas. Elas fornecerão capacidade de backhaul e de rede metro em fibra.

Notícias relacionadas
A capacidade contratada dará à landing station em Santos (de onde o cabo sairá para se conectar com Nova York) uma solução de backhaul em fibra apagada, assim como rede de fibra apagada e rede mesh para o ponto de presença santista. O contrato foi fechado com a Seabras 1 Brasil Ltda., subsidiária brasileira que operará o Seabras-1.

A Netell também contratou capacidade "substancial" no cabo submarino visando sua base local, regional e internacional de clientes corporativos e de operadoras. Do final do ano passado para cá, mais duas empresas anunciaram a compra de capacidade do Seabras-1: a Microsoft e a Tata Communications. A rota da Seaborn Networks continua prevista para lançamento comercial ao final de 2016.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.