Publicidade
Início Newsletter Oito grupos disputarão os lotes de SMP do leilão das sobras

Oito grupos disputarão os lotes de SMP do leilão das sobras

Oito operadoras apresentaram propostas para os lotes tipo A e B (SMP) do leilão de sobras das frequências de 1,8 GHz, 1,9GHz e 2,5 GHz, nesta quinta-feira, 10. Além das grandes Vivo, TIM, Claro, Nextel e Sercomtel, três regionais – a Ligue Telecom, TPA Telecomunicações e Clivo Participações – também apresentaram propostas. A Sky, que agora pertence a AT&T, chegou a se credenciar, mas não apresentou propostas para estes lotes, mas entregou proposta para o Lote C, que inclui as frequências previstas para o TDD. Das grandes, a Oi, mais uma vez, não apresentou proposta.

O número de proponentes aos lotes tipo C (banda larga fixa em TDD) ainda não foi divulgado.

A Nextel confirmou que apresentou proposta apenas para o lote da faixa de 1,8 GHz, em São Paulo. As outras não adiantaram sobre o número de lotes que vão disputar. Apenas a Ligue Telecom, empresa que atua há oito anos no interior do Paraná e São Paulo, com telefonia e banda larga fixas, apresentou proposta para sete lotes na área de registro 44.

Notícias relacionadas

O leilão vai acontecer na próxima quinta-feira, 17, de forma presencial e com repique para os lotes do tipo A e B e com os vencedores conhecidos no mesmo dia. Para os lotes do tipo C, sem repique e com propostas em arquivo eletrônico, serão anunciados os primeiros e os segundos colocados. Esses resultados serão confirmados após a análise da regularidade da documentação apresentada.

No Diário Oficial da União desta quinta-feira saiu a recusa da Anatel para os pedidos de impugnação do edital do leilão, propostos pela Associação Brasileira de Provedores de Internet e Telecomunicações (Abrint), Telefônica, TIM e Claro. No caso da Abrint, a entidade pretendia ter mais tempo para poderem participar da licitação.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sair da versão mobile