Vivo deixa de apresentar propostas para lotes; comissão terá que decidir se desclassifica ou não empresa

Uma situação inusitada aconteceu na apresentação das propostas ao leilão de sobras, ocorrida na Anatel nesta quinta, 10. A Vivo, uma das grandes operadoras interessadas em adquirir algumas das frequências, deixou de apresentar propostas para alguns dos lotes do tipo B. O edital previa que a empresa interessada em participar dos lotes de um determinado tipo deveria apresentar propostas para todos os lotes, e não apenas para aqueles em que estivesse interessada. O erro não se repetiu nos lotes do tipo A. O problema foi registrado em ata e, segundo fontes da Anatel, ainda precisará ser analisado e julgado pela agência, uma vez que o edital não tem previsão expressa sobre as consequências para esse tipo de erro. Outros participantes que participaram do leilão, contudo, alegam que permitir a participação da Vivo criará uma condição de desigualdade, ainda mais se a operadora tiver a oportunidade de apresentar propostas para os lotes que ficaram faltando. A decisão da comissão de licitação sobre o caso deve sair nos próximos dias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.