Na mediação com Anatel, Oi espera colocar "todos na mesma mesa"

A Oi deverá ter uma reunião com a Anatel no próximo dia 22 de novembro para mediação sobre a disputa da dívida que a operadora tem com a agência. De acordo com o diretor regulatório da companhia, Carlos Eduardo Monteiro, a conversa precisa ser com uma estratégia para tratar de todo o passivo regulatório de uma vez só, assegurando que a empresa pode cumprir os Termos de Ajustamento de Conduta (TAC). "Ou seja, colocaremos todos os interessados e envolvidos na mesma mesa. A gente entende que isso seria mais rápido, efetivo e abrangente", disse durante teleconferência para investidores nesta quinta, 10.

Já na disputa pelo valor da dívida, Monteiro acredita ter "argumentos sólidos", mas que serão apresentados no momento oportuno, para resolver a discrepância de R$ 1,3 bilhão. Isso porque, no entendimento da empresa, R$ 5,7 bilhões dos mais de R$ 20 bilhões de dívida apresentados pela Anatel são de créditos tributários. Além disso, dos R$ 13,3 bilhões que a Oi reconhece da lista da agência, R$ 2,2 bilhões foram inscritos na dívida da companhia "na forma de ilíquido", com os demais R$ 11,1 bilhões apresentados como líquidos. "Subtraindo dos R$ 14,6 bilhões lá da Anatel com o nosso de R$ 13,3 bilhões, a divergência se reduz para R$ 1,3 bilhão, que, de fato, é alvo de disputa", ressalta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.