Algar Telecom avança nas receitas no trimestre

A Algar Telecom fechou o terceiro trimestre com crescimento em receitas, mas com lucro líquido menor, segundo balanço financeiro da empresa divulgado nesta quinta-feira, 10. A receita líquida no trimestre foi de R$ 656 milhões, aumento de 6,3% no comparativo anual. Considerando os nove meses deste ano, a empresa registrou R$ 1,887 bilhão, avanço de 5,8%. As receitas de serviços de telecomunicações somaram R$ 450,1 milhões no trimestre, aumento de 7,5%. No acumulado de janeiro a setembro, o total foi de R$ 1,295 bilhão, avanço de 7,1%.

O negócio fixo teve receita de R$ 501,4 milhões e R$ 1,434 bilhão, aumento de 10,5% e 9,6% no trimestre e no acumulado, respectivamente. A receita com dados subiu 20,3% e 18,7%, totalizando R$ 326,9 milhões e R$ 935,3 milhões, enquanto a TV por assinatura subiu 10,2% e 0,6%, totalizando R$ 33,6 milhões e R$ 97,4 milhões. A receita com telefonia fixa foi de R$ 8,7 milhões, redução de 49,1% no trimestre. No acumulado, foi de R$ 30,1 milhões, queda de 41%.

Já as receitas do negócio móvel foram de R$ 119,1 milhões no trimestre, avanço de 5,6%; e de R$ 351,7 milhões nos nove meses, aumento de 6,4%. As receitas de dados cresceram 47,7% e 31,4%, total de R$ 35,9 milhões e R$ 95,1 milhões. O aumento proporcional maior foi com aparelhos e acessórios: 112,5% e 97,1%, total de R$ 6,8 milhões e R$ 20,1 milhões. Por outro lado, receitas de serviço de valor agregado (SVA) caíram 33,3% no trimestre e 26,7% no acumulado – segundo a empresa, devido a oferta de pacotes de SMS ilimitados e pelo menor uso do serviço.

Notícias relacionadas

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (EBITDA) foi de R$ 181,3 milhões (aumento de 2,1%) no trimestre e de R$ 523,7 milhões (avanço de 9,3%) nos nove meses. A margem EBTIDA ficou 1 ponto percentual (p.p.) abaixo no trimestre, fechando em 16%, enquanto no acumulado ficou acima 1 p.p., encerrando o período com 28%.

O lucro líquido da companhia caiu 4,8% no trimestre (total de R$ 40 milhões), mas manteve crescimento de 5,3% no período de janeiro a setembro (R$ 111,2 milhões).  A dívida líquida da companhia ao final de setembro era de R$ 1,288 bilhão, contra R$ 1,175 bilhão em dezembro de 2015.

Operacional

A Algar fechou setembro com 3,502 milhões de unidades geradoras de receita (UGRs), aumento de 9,5% comparado ao terceiro trimestre do ano passado. Desses, 457 mil eram de banda larga fixa (aumento de 9,3%), sendo que 177 mil são de conexões acima de 10 Mbps (aumento de 42,7%). A TV paga somou 100 mil acessos, queda de 8,3%. Já a telefonia fixa tinha 1,646 milhão de linhas, aumento de 15,3%.

O serviço móvel contou com 1,299 milhão de acessos, um aumento de 4,5%. Do total, 942 mil eram de pré-pagos (queda de 0,7%), enquanto 357 mil eram de pós-pagos (avanço de 21,4%).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.