Rep. Tcheca diz que não há problemas com Huawei e critica "audácia" dos EUA

Presidente da República Tcheca, Miloš Zeman

O governo da República Tcheca voltou a comentar sobre a possibilidade de permitir a presença da Huawei nas redes 5G. Em entrevista ao canal de notícias CNN Prima, da emissora FTV Prima, o presidente tcheco, Miloš Zeman, disse que foi realizada uma investigação na companhia chinesa no país, mas se chegou à conclusão de que não haveria problemas de segurança. 

"Fui informado de que a Huawei foi solicitada a disponibilizar uma inspeção técnica de suas instalações nos ministérios ou organizações individuais sob seu controle", disse Zeman, na entrevista durante o último final de semana. "Também fui informado de que a inspeção de segurança nesses ministérios foi satisfatória".

Por outro lado, Zeman não ficou satisfeito com a visita do secretário de estado do governo dos Estados Unidos, Mike Pompeo, em agosto. O representante da diplomacia norte-americana encontrou o primeiro ministro Andrej Babiš e discursou no parlamento para pregar contra a Huawei e a suposta influência do governo chinês e o Partido Comunista da China na empresa.

"Considero isso uma imprudência e, quando falei com Pompeo, disse que somos um país soberano e decidiremos por nós próprios quais as empresas, nacionais ou estrangeiras, que participarão do leilão", declarou o presidente tcheco. 

Na opinião de Miloš Zeman, o que o representante do governo Donald Trump fez foi "não apenas audácia, mas audácia cômica", porque o ataque contra a China não seria em favor de uma empresa dos EUA, mas sim de fornecedores europeus, como a Nokia. "Pompeo realmente fez lobby contra os chineses ou contra os russos, mas não tinha nada a oferecer."

1 COMENTÁRIO

  1. A maioria das autoridades no campo das telecomunicações, no Brasil esta aprendendo e tendo sua formação técnica agora, durante o exercício do cargo. Serão muito sensíveis, às políticas dos norteamericanos, desde que apareçam vantagens financeiras de modo velado neste cenário.

Deixe uma resposta para Carlos Augusto dos Santos Cancelar resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.