USSD e NFC são testados para mobile banking e mobile payment

Depois de testarem SMS, WAP e aplicativos Java, os bancos e outras instituições financeiras estão de olho em mais duas tecnologias para aplicações móveis: USSD (Unstructured Supplementary Service Data) e NFC (Near Field Communications). Ambas foram citadas por especialistas que participaram em painel sobre mobile banking no 2o Forum Mobile Plus, evento realizado pelas revistas TELETIME e TI INSIDE esta semana em São Paulo.
O USSD tem como principal vantagem o fato de ser um protocolo usado por todas as operadoras móveis para recargas de pré-pagos e ser acessível por qualquer telefone celular, mesmo os de gama baixa. "É importante encontrarmos um canal com maior penetração e que possa reduzir os custos existentes", disse Massayuki Fujimoto, superintendente de e-business do Citibank. Ele acredita que o USSD provavelmente será a tecnologia usada pelos bancos para a transferência de dinheiro via celular.
Gustavo Risio, diretor da área corporativa da Compera nTime, lembrou que o USSD é mais seguro que o SMS porque nenhuma informação fica guardada no celular. Além disso, o USSD trafega pelo canal de voz, sem depender dos sobrecarregados canais de dados das teles. O executivo citou o caso do Wizzit Bank, na África do Sul, que usa apenas contas correntes "móveis", sem ter qualquer agência bancária física.
NFC
O NFC, por sua vez, foi citado pela Visa e pela Gemalto. A tecnologia tem a vantagem de agilizar as transações: basta o usuário aproximar o celular do POS. Seu problema, contudo, é a falta de terminais habilitados.
A Visa recentemente iniciou um piloto no País para a realização de pagamentos de baixo valor em parceria com Bradesco e Banco do Brasil. A solução usa celulares Nokia 6212, habilitados para comunicação NFC.
O futuro, porém, será a tecnologia NFC vir embarcada no SIMcard, tornando o serviço independente do terminal utilizado pelo usuário. A Gemalto oferece uma solução para atualização OTA (over the air) de aplicações de mobile payment via NFC nos SIMcards. Um teste piloto com essa solução está sendo realizado em duas cidades francesas, com mil consumidores, em parceria com seis bancos, quatro operadoras móveis, duas bandeiras de cartão de crédito (Visa e Mastercard) e 200 estabelecimentos comerciais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.