?Acusação é fruto do desespero?, rebate Abril

A Editora Abril divulgou, na noite dessa quinta-feira, 9, nota repudiando as acusações feitas pelo presidente do Senado Federal, Renan Calheiros (PMDB/AL), de ilegalidade na negociação com a concessionária Telefônica. Para a editora, as afirmações do parlamentar são ?fruto do desespero? e a aprovação da Anatel mostra que a parceria está ?rigorosamente dentro da lei?. A Abril também reitera a veracidade das matérias publicadas na revista Veja trazendo denúncias contra Calheiros e que teriam sido o estopim para o ataque do senador contra a venda da TVA para a Telefônica.
?É fruto do desespero do senador a acusação leviana de que ainda haja alguma coisa a verificar na transação entre a TVA e a Telefônica?, argumenta o comando da editora na nota oficial. ?A Abril reitera que a parceria em questão está rigorosamente dentro da lei e já foi aprovada pelo Conselho Diretor da Anatel após nove meses de tramitação e análise.?
Calheiros encaminhou documentos a diversos órgãos da administração pública, entre eles a Polícia Federal, o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e o Ministério das Comunicações, solicitando a anulação da operação por ferir o contrato de concessão do STFC. O parlamentar também mandou ofício ao governo e ao parlamento espanhol, onde está localizada a sede da Telefônica, criticando a operação.
As reclamações de Calheiros surtiram efeito imediato no Senado. O senador Wellington Salgado (PMDB/MG) declarou ontem ao presidente da Casa que já redigiu requerimentos convocando todos os envolvidos no caso, inclusive representantes da Anatel, para prestar esclarecimentos à Comissão de Comunicação, Ciência e Tecnologia. Os requerimentos ainda precisam ser aprovados pelos demais membros da comissão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.