Troca de operadoras chega a 2,5 milhões no primeiro semestre deste ano

No primeiro semestre de 2017, mais de 2,57 milhões de troca de operadoras sem alterar o número do telefone foram realizadas no Brasil, conforme mostra o relatório da Associação Brasileira de Recursos em Telecomunicações (ABRTelecom), entidade administradora da portabilidade numérica no País, divulgado nesta segunda-feira, 10. Entre os meses de janeiro e junho deste ano, foram efetivadas 644 mil (25%) transferências de operadoras de telefonia para usuários de serviço fixo e 1,93 milhão (75%) para os do serviço móvel.

Só no segundo trimestre deste ano foram realizadas 1,36 milhão de migrações entre operadoras. No serviço fixo, 334,55 mil (24%) trocas foram efetivadas e 1,03 milhão (76%) no móvel, entre os meses de abril e junho.

Desde que a portabilidade numérica passou a ser possível no Brasil, em setembro de 2008, até o dia 30 de junho deste ano, 37,58 milhões de transferências foram feitas, sendo 13,37 milhões (36%) no serviço fixo e 24,21 milhões (64%) no móvel, aponta o relatório.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.