Oi conclui venda de controle da V.tal para BTG Pactual

A Oi anunciou em fato relevante na noite da última quinta-feira, 9, o fechamento da venda do controle da sua unidade de infraestrutura de fibra óptica (InfraCo, ou simplesmente V.tal) para os fundos geridos pelo BTG Pactual. Os termos finais do negócio apontam que a nova controladora poderá deter até 65,2% da empresa de redes neutras.

Imediatamente após a conclusão, a Globenet (empresas de cabos submarinos do BTG que representa o banco no negócio) passa a deter 51% das ações da V.tal e a Oi, os 49% restantes. Novas parcelas de pagamento estão previstas em até 90 dias, o que deve levar o BTG Pactual a deter 57,9% da empresa de infraestrutura após integração da Globenet pela V.tal.

Segundo o fato relevante, o fechamento da operação ocorreu após extensas negociações sobre os termos e condições finais. Neste sentido, foi ajustado o contrato de provimento de capacidade FTTH "para refletir condições comerciais mais favoráveis à Oi no preço mensal por HC [casa conectada] e no índice de reajuste aplicável".

Notícias relacionadas

A decisão refletiu em ajuste de preço final, limitado a 7,38% das ações representativas da V.tal. Dessa forma, a participação do BTG pode chegar a até 65,27% das ações da V.tal, em função da aplicação e apuração das condições mais favoráveis para a Oi negociadas no contrato FTTH. Ou seja, a Oi está negociando condições melhores de uso da rede da V.tal em troca de uma participação menor no capital da companhia de redes neutras.

O valor da operação, considerando o somatório de parcelas primária, secundária, primárias adicionais e do valor justo de incorporação da Globenet totalizou um montante de R$ 12,923 bilhões. Veja aqui um passo a passo detalhado do negócio.

Recuperação Judicial

"A conclusão da operação, nesta data, representa a implementação da última etapa crítica do Plano de Recuperação Judicial e do Plano Estratégico de Transformação da Oi, visando assegurar à Companhia maior flexibilidade e eficiência financeiras e sustentabilidade de longo prazo, com o seu reposicionamento no mercado, consolidando-se como uma das maiores provedoras de serviços de internet de alta velocidade e de soluções para empresas", afirmou a operadora, em comunicado.

Com o fechamento da operação, a Oi também informou que realizou a quitação integral de todos os compromissos de debêntures conversíveis em ações preferenciais da 1ª emissão da V.tal, no valor total atualizado de R$ 3,526 bilhões.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.