Retorno sobre capital está melhorando no Brasil, afirma CEO da Telefónica

CEO do grupo Telefónica, José María Álvarez-Pallete afirmou que a taxa sobre o capital investido no Brasil está melhorando e que a operação da empresa no País (com a Telefônica/Vivo) está atingindo margens historicamente altas. A declaração foi dada pelo executivo durante encontro da Junta de Acionistas da companhia realizada na última sexta-feira, 7; na ocasião, o CEO demonstrou otimismo com as perspectivas futuras do País.

"Estamos totalmente comprometidos com o futuro do País e lançando fibra de última geração. O retorno sobre capital no Brasil está melhorando e as margens, atingindo níveis historicamente altos, com nossa equipe brasileira fazendo trabalho espetacular. Para o futuro, cremos que os fundamentos da economia são tremendamente sólidos", argumentou Pallete.

De acordo com o executivo, "quando se projeta o crescimento tanto de populações quanto das economias, o Brasil é um dos países que mais se espera [resultado]". O executivo também mencionou a chamada ascensão da classe média nacional, que teria tirado dezenas de milhões de pessoas da pobreza, permitindo um aumento no consumo, pelo menos até o ano de 2014, quando se iniciou o atual quadro recessivo. "Juntando tudo isso e o futuro que vemos de revolução digital, o Brasil é um país onde temos sorte de ter a posição que temos".

Segundo dados citados por Pallete, a Telefónica é responsável por 580 mil empregos diretos e indiretos no Brasil, além de contribuir com aproximadamente 3,9 bilhões de euros em impostos e movimentar cerca de 1,07% do PIB nacional.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.