Sony anuncia mais serviços OTT para PS3, PS4 e Vita

A Sony não carregou o foco nos serviços de vídeo, mas revelou alguns detalhes sobre seus planos a respeito deste importante mercado durante a apresentação da empresa na E3 2013, maior feira de games do mundo, nesta segunda, 10, nos Estados Unidos. A companhia reiterou que, junto com o PlayStation 3 e o portátil PlayStation Vita, o novo PlayStation 4 terá acesso a diversas plataformas over-the-top (OTT), como Netflix, Hulu, Crackle (da própria Sony) e Amazon Video. A novidade é que os videogames agora contarão com o Redbox Instant (da operadora norte-americana Verizon, com sete mil títulos disponíveis) e Flixter (que dá sugestões personalizadas de conteúdo aos usuários), pelo menos nos Estados Unidos.

A aposta não é para menos. Segundo a Sony, o PlayStation 3 é o dispositivo mais utilizado para realizar streamings no Netflix. Até por isso, a gigante japonesa está lançando para seus consoles outro serviço OTT dedicado às transmissões de eventos ao vivo de esportes, música e entretenimento em geral. Além disso, a rede Sony Entertainment Network (SEN) contará com aplicativos dos serviços Music e Video Unlimited, que contam com 20 milhões de músicas e 150 mil vídeos.

O hardware do PlayStation 4 em si não teve grandes novidades divulgadas além de sua aparência, que lembra a segunda geração do console. A Sony também aposta em utilizações de segunda tela para os videogames tanto pelo Vita (que poderá ser usado como controle, semelhante ao esquema multiscreen do Nintendo Wii U) quanto com tablets e smartphones da empresa. Muito das apostas estão na conectividade, como o serviço de streaming de jogos do PlayStation 3 em cloud (pela plataforma Gaikai, comprada em 2012 por US$ 380 milhões pela Sony) para o próprio PS3, PS4 e Vita, a ser lançado em 2014.

O PS4 ainda não tem data de lançamento no Brasil (a loja online do Ponto Frio abriu cadastro para reservas, mas não há anúncio de preço), mas estará disponível nos Estados Unidos e Europa por US$ 399 e 399 euros durante as festas de final de ano. É uma estratégia agressiva: vale lembrar o novo console é US$ 100 mais barato do que o principal concorrente, o Xbox One, da Microsoft; e apenas US$ 50 mais caro do que o Nintendo Wii U.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.