Publicidade
Início Newsletter Padronização de CDNs para streaming de vídeo avança, afirmam Lumen e Disney

Padronização de CDNs para streaming de vídeo avança, afirmam Lumen e Disney

A operadora de infraestrutura Lumen e a Disney Streaming (parte do aparato de distribuição do grupo Disney) reportaram progressos na padronização entre provedores comerciais de CDN que distribuem conteúdo de plataformas de streaming.

As duas empresas têm atuado em conjunto na defesa de interfaces de programação (APIs) padronizadas para as redes de entrega de conteúdo (CDNs) – como é o caso da própria Lumen. A partir de contribuições da dupla, a Streaming Video Alliance (SVA), que reúne mais de 100 empresas da indústria de vídeo, publicou em janeiro a primeira versão de documento com especificações técnicas para a padronização. Uma versão atualizada do guia está em elaboração e deve ser concluída até o final do ano.

“Acreditamos que todos os provedores de streaming se beneficiarão da padronização dos provedores comerciais de CDN e da indústria de Open Cache. À medida que aumenta a demanda por nossas plataformas diretas ao consumidor, acreditamos que a padronização será um fator chave para manter nossa reputação de fornecer uma experiência de visualização de alta qualidade em escala”, explicou o vice-presidente de engenharia de software da Disney Streaming, Michael Fay.

Notícias relacionadas

Sem tal passo, o entendimento é que haveria maior dificuldade para plataformas de streaming, que precisariam passar por processo específico com cada provedor de CDN. O arranjo da padronização facilitaria a integração, inclusive para grandes organizações com diversas marcas – como é o caso da Disney, que detém plataformas como Disney+, Hulu, ESPN+ e Star+.

“Desenvolver padrões que reduzam a complexidade para nossos clientes de mídia é chave para nosso sucesso conjunto”, destacou o vice-presidente de gestão de produtos para serviços de entrega de conteúdo da Lumen, Pierre-Louis Theron. A empresa opera uma das maiores redes de entrega de conteúdo do mundo a partir de infraestrutura que inclui rede de 720 mil km de fibra óptica. Rival da Disney, a Netflix tem um amplo sistema de CDNs utilizando padrão aberto, o Open Connect, há vários anos.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sair da versão mobile