Nokia estima queda significativa de receita no quarto trimestre de 2012

A Nokia divulgou nesta quinta-feira, 10, os resultados preliminares do quarto trimestre de 2012, com estimativa de receita de 3,9 bilhões de euros e a venda de 86,3 milhões de dispositivos móveis. Se confirmada, a cifra representará uma queda de 33% em relação à receita registrada no mesmo período de 2011, que totalizou 5,9 bilhões de euros.

Notícias relacionadas

Para a área de celulares, a expectativa é encerrar o trimestre com receita de 2,5 bilhões de euros e venda de 79,6 milhões de aparelhos, queda de 16% e 14%, respectivamente, em relação ao quarto trimestre de 2011. A receita da divisão de dispositivos inteligentes também deve sofrer retração, de 55%, totalizando 1,2 bilhão de euros, com o total de 6,6 milhões de unidades vendidas no período, declínio de 66%. Já a área de aluguel e comércio de produtos deve permanecer com receita estável de 300 milhões de euros, declínio de 1,9% em relação aos três últimos meses do ano anterior.

Já as perspectivas  para a joint venture Nokia Siemens Networks são melhores, com previsão de receita de 4 bilhões de euros, 5,2% acima dos 3,8 bilhões de euros contabilizados no quarto trimestre de 2011.

Na avaliação do CEO da Nokia, Stephen Elop, o quarto trimestre de 2012 foi "sólido" e superou as expectativas com a entrega de rentabilidade pelas áreas de dispositivos e serviços e a Nokia Siemens Networks. “Estamos focados em nossas prioridades e, como resultado, vendemos um total de 14 milhões de smartphones Asha e smartphones Lumia, enquanto gerenciamos nossos custos de forma eficiente, e a Nokia Siemens Networks obteve mais um trimestre muito bom", complementou em comunicado à imprensa.

Para os três primeiros meses deste ano, a companhia adiantou que a dinâmica competitiva da indústria afetará negativamente os negócios de dispositivos inteligentes e de celulares. Além disso, a Nokia espera um trimestre sazonalmente fraco, que deverá impactar a rentabilidade da Nokia Siemens Networks na comparação com o quarto trimestre de 2012. A empresa também planeja reduzir custos por meio de um programa de reestruturação nas áreas de dispositivos e serviços e acredita que o ambiente macroeconômico impactará suas margens de forma negativa. 

Os resultados completos do quarto trimestre serão divulgados no próximo dia 24.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.