Anatel adia decisão sobre banda H mas aprova consulta sobre satélite brasileiro

A reunião do Conselho Diretor da Anatel tinha na pauta a retomada da venda de sobras da licitação do 3G, incluindo a banda H, reservada para um novo entrante no serviço de telefonia móvel. O assunto, no entanto, não foi concluído, pois o conselheiro Antônio Bedran pediu vistas do processo. O caso deve voltar à pauta na última reunião do Conselho Diretor neste ano, agendada para o dia 17 de dezembro.
Satélites
A Anatel aprovou o início de duas consultas públicas sobre faixas usadas para exploração de satélite brasileiro. Uma delas é um pedido feito para Hispasat para uso da banda Ka na posição orbital 61° W. A outra é uma solicitação da Star One para exploração da banda Ku na posição orbital 84° W. Ambas as consultas ficarão abertas para contribuições da sociedade por 30 dias. A data de início das consultas não foi divulgada pela Anatel.
Leilão de 3,5 GHz adiado
O Conselho Diretor da Anatel deveria ter deliberado também sobre a destinação e atribuição da faixa de 3,5 GHz para serviços móveis, em conjunto com a mudança do regulamento de condições de uso dessas radiofrequências. A conselheira Emília Ribeiro ampliou seu pedido de vistas, feito na semana passada, por 30 dias. Com isso, o assunto só voltará para deliberação do conselho no próximo ano.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.