Net realiza teste com tecnologia DOCSIS 3.0 em São Paulo

A Net Serviços lançou na cidade de São Paulo o piloto da operação de banda larga com a tecnologia DOCSIS 3.0 (chamado pela empresa de Net Vírtua 5G), que permite velocidades de até 360 Mbps, segundo José Felix, presidente da operadora. A exemplo do Rio de Janeiro, em São Paulo o teste incluirá, em toda a área de cobertura da rede, o serviço com velocidade de 20 Mbps, e para alguns bairros selecionados (Itaim, Jardins, Morumbi e Pinheiros) a velocidade de 60 Mbps. Esta opção de maior velocidade será ofertada em outras regiões à medida que houver demanda. A novidade é que o piloto é, na prática, uma oferta comercial, porque está disponível aos assinantes do pacote Net Combo HD Max. Trata-se do pacote mais caro da operadora: custa R$ 399,90 e inclui ponto principal com set-top HD e quase todos os canais disponíveis, dois pontos extras, banda larga de 12 Mbps e duas linhas de telefone. Os assinantes desse produto poderão solicitar a migração para a opção de 20 Mbps ou para 60 Mbps, quando disponível. Atualmente a Net Serviços têm cerca de 30 mil clientes no Combo HD Max no Brasil, sendo 23 mil apenas na capital paulista.
Segundo José Felix, a estratégia da Net com o piloto é entender o uso que os assinantes farão com tamanha oferta de velocidade. "Não fazemos a menor idéia de para que o usuário precisa de tanta velocidade. Nem nós nem ninguém. Mas queremos justamente aprender esse comportamento".
O primeiro piloto desta tecnologia começou no Rio de Janeiro, especificamente no bairro do Leblon. A exemplo do que acontece na capital fluminense, os clientes que aderirem ao piloto terão acesso a um site exclusivo com conteúdos de TV paga em alta definição e sob demanda. O piloto é realizado em parceria com a Motorola. Segundo Jorge Duron, vice-presidente de connected home solutions da empresa, vários operadores norte-americanos estão começando os testes com DOCSIS 3.0 e as primeiras implantações comerciais estarão disponíveis ao longo de 2009, como já acontece no Japão e na Coréia do Sul. A Net pretende manter o piloto até meados de 2009, quando a tendência é que ele se torne, também, uma opção comercial.

Notícias relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.