Telefônica não inicia nesta segunda, 9, a venda da banda larga popular

A Telefônica não inicia nesta segunda, 9, a venda do serviço de banda larga popular, conforme anunciando durante a Futurecom. Este noticiário entrou em contato com o call center da Telefônica para conseguir informações sobre o serviço de banda larga popular, instituído por decreto do governador José Serra, mas o atendente negou o início do serviço nesta segunda-feira, 9, e leu o texto abaixo.
"Prosseguimos com o trabalho para viabilizar no menor prazo possível o lançamento do produto definido pelo decreto 54.921 que cria a banda larga popular. Esperamos concluir em breve as atividades adicionais necessárias para a comercialização do produto".
A banda larga popular nos moldes daquela anunciada pela Telefônica foi duramente criticada pelas associações de defesa do consumidor, que consideram a oferta uma venda casada. Isso porque, o serviço só estaria disponível para aqueles clientes do serviço de telefonia. A venda casada é proibida pela Lei Geral de Telecomunicações (LGT), pelo Código de Defesa do Consumidor e pelo próprio regulamento do Serviço de Comunicação Multimídia (SCM) – que regula o serviço de acesso à Internet.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.