Oracle inaugura Innovation Lab em Brasília, com foco na transformação digital do governo

A Oracle inaugurou nesta terça, 9, o seu Innovation Lab em Brasília. A proposta da empresa é reproduzir em Brasília, para atender aos clientes da região, mas sobretudo o mercado governamental, o conceito do laboratório de inovação que a empresa já tem em São Paulo. Para o presidente da empresa no Brasil, Rodrigo Galvão, a proposta é que o espaço sirva de inspiração para que gestores públicos possam buscar ideias inovadoras utilizando soluções tecnológicas. "O setor público também está se transformando e aqui temos um espaço para que se possa pensar nas necessidades, ter ideias e conhecer as ferramentas", diz Galvão. Para João Pacheco, que recentemente assumiu a liderança da área de governo da Oracle, o Innovation Lab não é um espaço para desenvolver projetos nem especificações, até porque isso poderia ferir as regras típicas de contratação do governo.

O espaço oferece acesso a diferentes metodologias de desenvolvimento de ideias e planejamento, com facilitadores e subsídios. Além disso, o Innovation Lab traz algumas demonstrações de tecnologias e soluções que podem ser utilizadas em aplicações de IoT, SmartCities, blockchain entre outras. "São instrumentais que acreditamos que podem ajudar os nossos clientes governamentais a terem ideias de soluções para suas necessidades", diz Pacheco. Rodrigo Galvão lembra que o espaço de Brasília não será oferecido apenas a clientes governamentais, mas a todos os clientes da empresa, assim como universidades e start-ups. "É um espaço em que a gente pode juntar pessoas também, uma start-up, por exemplo, que possa ter uma solução interessante para um órgão público, por exemplo. É um espaço para pensar na transformação digital, porque a sociedade está exigindo mais produtividade e inovação", diz o presidente da empresa. Segundo João Pacheco, a velocidade de adoção de soluções, sobretudo em nuvem, pelo governo, está muito acima das expectativas que a empresa tinha, o que indica um grande potencial de novas aplicações aos cidadãos que agora podem ser desenvolvidas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.