Correios adiam novamente prazo de propostas para MVNO, agora por tempo indeterminado

Os Correios adiaram mais uma vez o prazo da entrega de propostas para criação de sua rede virtual de telefonia móvel (MVNO). Agora é por tempo indeterminado, conforme aviso publicado no Diário Oficial da União desta sexta-feira, 9. Mas a expectativa é de que o chamamento público seja relançado ainda este ano.

Segundo o responsável pelo projeto, Ara Minassian, após receber diversos questionamentos das operadoras Claro e Vivo, a estatal considerou ser necessária a revisão de todo o edital para garantir a condução tranquila do processo. Ele acredita que essa revisão não levará muito tempo, mas para não trazer insegurança ao mercado, os Correios resolveram só apresentar nova data quando o processo estiver concluído.

Notícias relacionadas

Ontem, a estatal havia comunicado o adiamento para entrega das propostas até o dia 23 deste mês sob o argumento de que o edital havia despertado muitas dúvidas. Segundo a comissão que coordena o processo, a decisão de adiar mais uma vez foi eminentemente técnica.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.