Vodafone pressiona acionistas da Kabel Deutschland a aceitar oferta pela empresa

A Vodafone publicou nesta segunda-feira, 9, um comunicado ao mercado para pressionar os acionistas da Kabel Deutschland Holding a aceitar a oferta pública pela operadora alemã. Os shareholders têm até a quarta-feira, 11, sem prorrogação, para reunir pelo menos 75% de aprovação das condições impostas para a transação. Em junho, a companhia britânica ofereceu 7,7 bilhões de euros pela operadora alemã, e todos os termos e condições permanecem os mesmos da época.

Segundo o comunicado, a autoridade antitruste alemã Bundeskartellamt confirmou que não irá pedir à Comissão Europeia que seja exigida a aprovação da oferta pela entidade comercial da Alemanha, já que o prazo para isso terminou na sexta-feira, 6. Já o prazo para a revisão da oferta pela Comissão Europeia termina no dia 20 de setembro.

Caso se concretize a transação, a Vodafone adiciona à sua unidade alemã os serviços de TV e de linhas fixas, ajudando a operadora nesse mercado. A combinação das duas irá resultar em uma empresa com 11,5 bilhões de euros em receitas, além de uma base de 32,4 milhões de acessos móveis, 5 milhões de banda larga e 7,6 milhões de TV. Após a transação, a operadora alemã ainda espera um aumento na receita por conta da sinergia de cross-selling e lealdade de consumidor em um valor líquido acima de 1,5 bilhão de euros. Os custos de integração são estimados em 300 milhões de euros em quatro anos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.