Tablets: 52 milhões de unidades serão vendidas neste ano no mundo, diz JP Morgan

Enquanto a expectativa de crescimento para as vendas de PCs foi reduzida, o banco JP Morgan ampliou a projeção de vendas mundiais de tablets para este ano de 46,1 milhões para 51,9 milhões de unidades. Caso seja confirmado, o volume representará uma expansão de 194,8%, ou seja, quase o triplo, em relação aos 17,6 milhões de tablets comercializados em 2010.

Notícias relacionadas
Porém, o banco diminui sua estimativa para a venda de tablets para 2012 – que inicialmente apontava para 76,3 milhões de unidades – e agora prevê a venda de 72,4 milhões de aparelhos, aumento de 39,5% sobre este ano. Já em relação à receita da indústria de tablets, o JP Morgan avalia que esta ficará em US$ 28,9 bilhões neste ano, e subirá para US$ 33,38 bilhões em 2012.

O analista disse ainda que a Apple fechará este ano com uma participação de mercado de 70,9% sobre o volume de unidades comercializadas, parcela essa que diminuirá para 62,8% em 2012. Por fim, o banco informou que o preço médio de venda dos tablets será de US$ 556 em 2011, redução de 12,1% ante o custo médio do aparelho em 2010, que ficou em US$ 633. Para 2012, o JP Morgan projeta queda mais acentuada de 17,2% no preço médio do produto, que baixará para US$ 461.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.