Publicidade
Início Newsletter Renda do consumidor é maior desafio para conteúdo pago no Brasil, afirma...

Renda do consumidor é maior desafio para conteúdo pago no Brasil, afirma Claro

Foto: Pixabay

As oscilações na renda do consumidor brasileiro são a maior barreira para o aumento na penetração do conteúdo pago nos lares do País. Esta foi a avaliação da Claro durante o primeiro dia do PAYTV Forum 2021, iniciado nesta segunda-feira, 9.

De acordo com o diretor de inteligência e análise de dados da operadora, André Guerreiro, “o momento econômico e a renda da população, que não se recuperou”, são as principais razões para a queda mais acelerada da base de assinantes da TV por assinatura neste ano.

Já a competição com plataformas de streaming ficou em segundo plano – até porque a Claro aposta na complementaridade delas com a TV paga tradicional. Ainda assim, Guerreiro notou que um leque muito amplo de serviços distintos podem acabar criando um “peso excessivo no bolso” do consumidor.

Notícias relacionadas

O cenário favoreceria modelos “alternativos” de consumo, incluindo o compartilhamento de senhas e a pirataria. Mesmo reconhecendo esta última como “caso de polícia” e pedindo uma ação conjunta entre governo e teles, Guerreiro apontou que a retomada econômica também deve inibir o consumo ilegal de conteúdo.

De forma geral, a avaliação da Claro é que o mercado de conteúdo pago tende a crescer, uma vez superadas as barreiras de renda e de modelos alternativos. Uma boa notícia viria do segmento premium, onde a empresa já vê uma taxa de desconexões menor que a metade da registrada considerando-se todos os pacotes.

1 COMENTÁRIO

  1. Sou funcionário terceirizado e ouço quase que diariamente reclamações referente a pequena grade de canais dos pacotes INICIAL e FÁCIL. Em pouco tempo um conhecido/parente dá a dica ao cliente para cancelar o serviço e assinar IPTV ilegal…

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sair da versão mobile