Intel Capital vai investir US$ 125 milhões em start-ups de minorias

A Intel Capital, braço de investimento da fabricante de processadores, anunciou nesta terça-feira, 9, um novo fundo para aplicar em start-ups criadas por representantes de minorias, o Intel Capital Capital Diversity Fund. A empresa vai disponibilizar US$ 125 milhões (aproximadamente R$ 387 milhões) para empresas iniciantes criadas por mulheres ou minorias étnicas que pretendem desenvolver novas plataformas tecnológicas.

Notícias relacionadas

Atualmente, apenas 15% das empresas financiadas por fundos de risco nos Estados Unidos têm mulheres em seu time de executivos, segundo um recente relatório da Babson College, e companhias com mulheres no comando recebem apenas 3% de investimento.

Outra pesquisa da empresa de análise de mercado CB Insights revela que menos de 1% das companhias do Vale do Silício tem afro-americanos ou latinos como fundadores; quase que a totalidade das empresas de tecnologia da região californiana foram criadas por brancos ou asiáticos.

Inicialmente, a Intel Capital vai investir em quatro empresas americanas: a Brit + Co de São Francisco, plataforma online de estudo; a CareCloud de Miami, uma ferramenta para o gerenciamento de pagamentos e dados de saúde; Mark One de São Francisco, criadora da 'xícara inteligente'; e a Venafi de Salt Lake City, desenvolvedora de um sistema de cybersegurança para governos e empresas.

O valor investido nas quatro empresas não foi revelado. O fundo será liderado pela vice-presidente e diretora da Intel Capital, Lisa Lambert.

A iniciativa é parte do plano da Intel de diversidade na tecnologia. Lançado em janeiro deste ano, a ação pretende trazer a representação por completo até 2020 de mulheres e etnias com pouco espaço na tecnologia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.