Huawei nega intenção de vender divisão de celulares

A Huawei nega que esteja planejando vender uma participação em sua unidade de negócios de telefone móvel, laptop, cartões de dados wireless e roteadores domésticos, mantendo apenas a divisão de infra-estrutura de rede, conforme informou o Wall Street Journal. A unidade de telefones móveis seria vendida para investidores estrangeiros em troca do acesso ao mercado norte-americano que eles poderiam proporcionar, diz o jornal. Há alguns meses, a empresa chinesa tentou adquirir também uma participação minoritária na 3Com, baseada nos EUA. Os rumores no mercado internacional eram de que a Huawei e a Bain Capital estariam comprando a 3Com por US$ 2,2 bilhões. Procurada por este noticiário para comentar a possível venda da unidade, a empresa desmentiu, argumentando tratar-se apenas de boatos.
São constantes os rumores de mercado sobre as dificuldades que a empresa chinesa tem encontrado para conquistar as competitivas áreas de handsets dos Estados Unidos e Europa. Obteve um acordo com a Vodafone, para fornecer aparelhos 3G para diversas operadoras na Europa, mas nos EUA conta apenas com uma parceira, a MetroPCS.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.