Consulta pública de acesso à Internet recebe 757 contribuições

Encerrado o período de contribuições, a consulta pública que traz novos modelos de acesso à Internet recebeu 757 contribuições. A proposta para o modelo 0i00 (atribuição de código nacional com acesso de qualquer ponto do País para cada provedor) recebeu mais apoio que o IP direto (tráfego nas redes de STFC como serviço de dados a partir das centrais locais de comutação), considerado por muitos de difícil implementação. Houve também quem defendesse a manutenção do modelo atual com alguns ajustes, como foi o caso da GVT, que sugere a implantação de tarifa flat e pacotes de minutos limitado. A Brasil Telecom e a Telefônica também aproveitaram a consulta pública para reclamar da aplicação do regulamento de remuneração ao tráfego de Internet. As empresas sugerem que este tráfego seja remunerado como tráfego de dados e não de voz. A íntegra dos comentários pode ser encontrada no site da Anatel (www.anatel.gov.br).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.