Telefônica contrata BTG como novo Formador de Mercado

A Telefônica comunicou ao mercado nesta terça-feira, 9, em fato relevante enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a troca do Formador de Mercado. A empresa contratou o BTG Pactual para exercer a função com as ações ordinárias (VIVT3) e preferenciais (VIVT4) no âmbito da B3 – Brasil, Bolsa, Balcão. As atividades da instituição corretora começarão na quarta, 10, e o contrato tem prazo de 24 meses, prorrogáveis por iguais períodos. A empresa anterior na função era a Credit Suisse Brasil, contratada em 14 de março de 2016.

A operadora diz que a contratação do BTG reforça compromisso com investidores e com as melhores práticas de negociação do mercado. Conforme descreve a própria BM&F Bovespa, o Formador de Mercado é uma pessoa jurídica cadastrada na B3 e que se compromete a manter ofertas de compra e venda de forma regular e contínua durante a negociação. Com isso, fomenta liquidez dos valores mobiliários, facilita negócios e mitiga movimentações artificiais no preço dos papéis.

Atualmente, a Telefônica conta com 29.320.789 ações ordinárias e 415.131.868 ações preferenciais em circulação no mercado. A empresa diz no fato relevante que "os acionistas controladores não celebraram qualquer contrato regulando o exercício do direito de voto ou a compra e venda de valores mobiliários de emissão da Companhia com o Formador de Mercado".

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.