Brasil é o mercado com maior participação do Android na América Latina

O Google tem uma forte presença no Brasil em dispositivos móveis, embora o usuário brasileiro médio tenha menos aplicativos do que o de outros países vizinhos. Essa foi a conclusão do levantamento conduzido pela comScore em parceria com a Internet Media Services (IMS) e divulgado nesta quinta-feira, 9, que mostra que o mercado brasileiro é o mais forte para o sistema Android, tanto em smartphones quanto em tablets, na América Latina.

Notícias relacionadas
A pesquisa entrevistou entre os dias 6 e 13 de janeiro 1.609 brasileiros e um total de 4.044 usuários na América Latina. Além do Brasil, onde houve mais entrevistas, as empresas levantaram dados no México, Argentina, Colômbia, Peru e Chile.

Smartphones

O Brasil é onde o Android tem maior penetração nos smartphones: 82%. Em segundo vem o iPhone, com 16%, e BlackBerry, com 3%. Na média da América Latina, o Android tem 78% da preferência; o iPhone, 19%; e BlackBerry 7%. Vale destacar o mercado do Peru, onde o BlackBerry tem 19% de preferência, e o do Chile, onde o iPhone conta com maior percentual (36%). A conta não fecha em 100% porque considera também quem tem mais de um aparelho.

A forma preferida de conexão para o smartphone do brasileiro é o Wi-Fi, apontado por 81% dos entrevistados. O 3G foi a resposta para 65%, enquanto o 4G foi para 19%. Para efeito de comparação, segundo dados da Anatel referentes a janeiro de 2015, o LTE é responsável por 4,95% do total de acessos de banda larga móvel (soma de acessos WCDMA e LTE, desconsiderando os terminais de dados).

Os números da comScore para o Brasil são bem semelhantes à média latino-americana: 80%, 65% e 23% para o Wi-Fi, 3G e 4G, respectivamente. Destaca-se o percentual de 41% para o LTE na Colômbia, maior média dentre os países pesquisados.

Ainda de acordo com o levantamento, 98% dos brasileiros disseram ter aplicativos baixados (ou seja, softwares além dos que já vêm pré-instalados) no smartphone, com uma média de 16 apps por dispositivo. A média da região é de 98% e 18 apps, sendo que 35% dizem ter mais de 20 programas instalados.

Tablets

Como era de se esperar, os tablets Android, com preço mais acessível em média, são os mais populares no Brasil, preferidos por 71% dos entrevistados. O iPad vem em seguida, com 24%, seguido de dispositivos com Windows 8 (6%) e o Kindle Fire, da Amazon, com 3%. Na média da América Latina, o Android tem a preferência de 68% dos entrevistados, enquanto o iPad é escolhido para 27%, Windows 8 para 6% e Kindle Fire para 3%.

A conectividade 3G em tablets no Brasil é a mais forte dentre os países pesquisados, com 36% (a média na região é de 29%). Ainda assim, o Wi-Fi é a conexão mais popular, com 89% (média latina é de 90%), e o 4G tem a preferência de 12%, em linha com os demais mercados.

O levantamento indica que 96% dos brasileiros baixaram aplicativos além dos que já vêm com os tablets, com uma média de 16 apps instalados. A região tem média de 97% e 19 apps.

Outros dados

O percentual de brasileiros que possuem notebooks ou PCs de mesa e que utilizam smartphones e tablets é de 56%, enquanto a média da América Latina é de 54%. No Brasil, 37% usam apenas smartphone, 5% usam apenas desktops e laptops e 2% são apenas usuários apenas de tablets. A média na região é de 37% apenas para smartphones, 6% apenas para computadores e 3% apenas tablets.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.