Tecnologia atropela regras, diz Jonas de Oliveira

O presidente da Abrafix e vice-presidente da Telefônica, Jonas de Oliveira, defendeu também a substituição das normas técnicas editadas pela Anatel por acordos entre as operadoras de telecomunicações. Para Oliveira, mais do que regulamentação, as empresas precisam padronizar os procedimentos. "A Anatel não pode esquecer que o avanço tecnológico atropela as regras". Creso Roberto Macedo, gerente geral de relações corporativas da área de assuntos regulatórios da Embratel, disse ainda que a agência precisa reconhecer que terá que "sair do jogo" no momento em que a regulamentação não for mais necessária, referindo-se à implantação da competição no setor. Macedo criticou a lentidão da Anatel em baixar regulamentos, como aconteceu com a regulamentação da abertura do mercado. Segundo ele, a demora beneficiou as empresas já estabelecidas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.