Cisco atualiza estratégia de redes privativas 5G com parcerias e Open RAN

A Cisco anunciou nesta quarta-feira, 9, uma atualização na estratégia da fornecedora para o mercado de redes privativas 5G. Baseada em parcerias, a oferta da empresa incluirá a tecnologia de redes de acesso abertas (Open RAN).

Chamada de Cisco Private 5G, a solução abrange os portfólios móvel e de Internet das Coisas (IoT) da norte-americana, incluindo sensores, gateways, software de gerenciamento de dispositivos e ferramentas de monitoramento. Já o Open RAN foi descrito como componente-chave da proposta.

Para a inclusão do conceito, foi relatada "estreita colaboração" com dois fornecedores do ecossistema (a Airspan e a JMA); segundo a Cisco, o Open RAN em redes privativas 5G está atualmente em fase de testes na operação de clientes.

Notícias relacionadas

Projetos

De forma geral, a proposta de redes privativas é objeto de diversos pilotos e projetos da Cisco nos setores de educação, entretenimento, governo, manufatura e imobiliário. Toshiba, Virgin Media O2, Chaplin, Clair Global, Colt Technology Services, ITOCHU Techno-Solutions Corporation, Network Rail, Nutrien, Schaeffler Group, Texas A&M University e Zebra Technologies foram citadas como empresas atendidas.

A solução de rede privativas vem sendo ofertada pela Cisco ao lado de parceiras, como a operadora norte-americana Dish. "Vemos o 5G privado como um complemento, não um substituto para os investimentos que as empresas fizeram em WiFi, transporte Ethernet e sistemas de gerenciamento correspondentes", explicou a fornecedora, em comunicado.

A NEC também está trabalhando em iniciativas ao lado da norte-americana, inclusive a partir de acordo global para integração de sistemas em redes de transporte IP para o 5G. Em paralelo, está em andamento a conexão do core móvel da Cisco e soluções de rádio da fornecedora japonesa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.