Conselheiro pede vista no caso WayTV/Oi

Voto vencido na análise da anuência prévia para a compra da operadora de cabo WayTV pela Oi, o conselheiro Plínio Aguiar Júnior parece ter dúvidas também sobre a instrução do ato de concentração que será encaminhado ao Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica). O conselheiro adiou a deliberação sobre o assunto ao pedir vista do processo na reunião do conselho diretor realizada nesta quarta-feira, 9. A expectativa é que o caso volte à pauta na próxima reunião do conselho, no dia 16.
Segundo informações da assessoria, Aguiar quer estudar com mais profundidade o processo, mas não deu maiores detalhes sobre quais são suas dúvidas sobre o ato de concentração. Em princípio, a análise do ato não deveria ser polêmica para a Anatel, já que a avaliação mais aprofundada desta parte da aquisição é feita pelo Cade. Plínio de Aguiar e o conselheiro Pedro Jaime Ziller foram contrários à aprovação da anuência prévia à compra da WayTV, por acharem que os contratos do STFC não permitem a operação das concessionárias nos serviços de TV a cabo. Segundo apurou este noticiário, as análises técnicas que foram encaminhadas ao conselho não detectaram grandes obstáculos concorrenciais à operação. Apenas algumas restrições em relação à distribuição dos canais atuais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.