Oi deve receber oferta vinculante para a InfraCo em janeiro

A Oi deverá receber ofertas vinculantes pela unidade de fibra da separação industrial, a InfraCo, logo no início do ano. Segundo o vice-presidente de clientes da operadora, Bernardo Winik, há uma expectativa para que isso aconteça até antes. "Devemos ter uma oferta biding para o início do ano [de 2021], a gente imagina que já em janeiro", destacou ele durante entrevista coletiva sobre o desempenho da unidade de banda larga e fibra da companhia nesta terça-feira, 8. 

"A gente vem conversando com vários interessados nos últimos meses. E o que a gente espera é que janeiro, ou no máximo no início de fevereiro, tenhamos uma proposta biding", afirma. Seguindo dessa forma, o cronograma se mantém para uma conclusão da venda para o terceiro ou quarto trimestre de 2021.

Ainda de acordo com o executivo, essa operação – que deverá injetar pelo menos R$ 20 bilhões, mas com expectativa de gerar mais do que isso – não interfere no planejamento atual do avanço de cobertura de fibra da Oi. 

Notícias relacionadas

Bernardo Winik lembra que a InfraCo terá um compromisso de investimentos com a ClientCo, que ficará com a operação de banda larga no varejo. Como rede neutra, poderá fornecer serviço para outros interessados também. "Há uma série de acordos que estão sendo desenhados agora para garantir a estratégia da ClientCo."

O diretor de marketing, Roberto Guenzburger, destaca que a venda de até 51% da unidade de fibra permitirá acesso a capital. "A InfraCo tem capacidade de investimento de longo prazo até maior e a gente consegue acelerar eventualmente, dependendo do sucesso, o projeto que temos conduzido de forma integrada com a modelagem de separação industrial", declara. 

Infraestrutura

Com mais de 400 mil km de fibra própria no backbone e expectativa de encerrar 2021 com cobertura em 228 cidades com FTTH, totalizando até 15 milhões de homes passed, a InfraCo tem grandes interessados. Dentre eles, a Highline, que já comprou a unidade produtiva de torres da operadora em novembro, já declarou publicamente diversas vezes que é um dos ativos que mais a interessa. Até a aprovação do aditamento ao plano de recuperação judicial no início de setembro, havia pelo menos dez interessados no ativo.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.