Oi atinge 2 mi de clientes com fibra e espera dobrar marca em 2021

Como parte do plano estratégico, o foco na fibra tem começado a apresentar resultados para a Oi. A operadora informou nesta terça-feira, 8, que atingiu a marca de 2 milhões de clientes com o produto de banda larga com fibra até a residência (FTTH), mais do que dobrando a base que detinha ao final do ano passado. E a expectativa é dobrar essa quantia até o final do ano que vem. Segundo os dados da Anatel, a operadora já tem até mais: seriam atualmente 2,2 milhões de acessos em fibra.

A empresa já tinha atingido o primeiro milhão de clientes em abril, saindo de 700 mil acessos em dezembro do ano passado. O avanço também se dá com a ampliação da cobertura, saindo de 86 cidades ao final de 2019 para 134 agora. "Estamos recebendo uma demanda tremenda para fazer a expansão no número de cidades", declara o VP de clientes da empresa, Bernardo Winik. 

A Oi afirma ter liderança em adições líquidas no mercado de banda larga em fibra e no segmento de velocidades acima de 34 Mbps (considerados "ultra banda larga" pela Anatel). Em termos de market share, a operadora tem "entre 14 a 15%" no primeiro recorte. 

Notícias relacionadas

Expectativas 

Para 2021, a operadora tem uma perspectiva de mais do que dobrar a quantidade de clientes, chegando entre 3,5 e 4 milhões de acessos. A cobertura também deve crescer para 228 cidades, e os homes-passed devem chegar a entre 14,5 e 15 milhões de unidades. 

Uma dessas localidades pode ser São Paulo, onde a operadora só atua com serviço móvel e corporativo. Winik confirmou nesta terça-feira que o atendimento continua sendo estudado pela Oi.

De acordo com o VP de operações, José Cláudio Moreira Gonçalves (também conhecido como Naval), esse planejamento não tem impacto da venda da InfraCo ao longo do ano que vem. A conclusão é esperada para até o quarto trimestre. "Todo o planejamento operacional em 2021 está agora de maneira que opere sem nenhum ruído, e de forma mais transparente."

A ideia é chegar não apenas onde não há infraestrutura, mas também de ampliar onde a Oi conta atualmente com rede de cobre, promovendo a migração da base. "A gente tem um projeto concomitante para expansão de fibra [e desligamento do cobre] , estudando e respeitando aspectos regulatórios e preservação de clientes." Por conta disso, o planejamento de desligamento acontece conforme a expansão da fibra para as "células" (segmento com cerca de 400 clientes). 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.