FCC inicia maior leilão de espectro dos EUA com banda C

A Federal Communications Commission (FCC) dos EUA anunciou nesta terça-feira, 8, o início de um novo leilão de capacidade em banda C (neste caso, em 3,7-3,98 GHz) para serviços 5G. Com a disponibilização de 280 MHz, o certame é o maior já realizado pela comissão norte-americana.

Ao todo, serão leiloadas 5.684 licenças regionais e de uso flexível. A primeira rodada do processo (que pode levar semanas) foi encerrada ainda nesta terça-feira, registrando propostas iniciais entre as 57 empresas qualificadas e lances de US$ 1,7 bilhão, de acordo com a consultoria BitPath.

Notícias relacionadas

Limpeza

Para disponibilizar o espectro às vencedoras, a FCC propôs um plano de limpeza acelerada para a faixa leiloada. A comissão afirma ter obtido o compromisso de que empresas de serviços fixos em satélite vão sair "rapidamente" da banda de 3,7-3,98 GHz.

As incumbentes da banda C concordaram em migrar as operações fixas em 3,7-4,0 GHz para a faixa superior de 4,0-4,2 GHz. Segundo o cronograma, a primeira fase desta transição (com a limpeza de 120 MHz entre 3,7-3,82 GHz em 46 das 50 regiões desenhadas para o processo) será concluída em dezembro de 2021. Já a segunda fase, com as regiões restantes, ficará para dezembro de 2023.

Calendário

Este não é o primeiro leilão de banda C realizado pela FCC neste ano. Finalizado em agosto, um certame com a venda de 70 MHz levantou US$ 4,585 bilhões para os cofres dos EUA após 76 rodadas. Já para 2021, estão previstos leilões nas bandas de 2,5 GHz e 3,45 GHz. Os esforços fazem parte da estratégia norte-americana para a quinta geração de redes (5G Fast Plan).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.