Com 5G, governo busca tornar Brasil um hub da tecnologia na América Latina

Ministro Fábio Faria durante painel na Futurecom. Foto: Reprodução

Com o resultado do leilão do 5G, agora o governo brasileiro buscará tirar projetos do papel e viabilizar a entrada de investimentos. Durante painel virtual na Futurecom nesta segunda-feira, 8, o ministro das Comunicações, Fábio Faria, voltou a mencionar que o certame coloca o País em posição de destaque na América Latina, o que deverá atrair empresas chinesas e norte-americanas. 

O discurso de Faria salientou as possibilidades do 5G com o agronegócio, em especial. O ministro disse que tem tido reuniões "quase semanais" com a Frente Parlamentar dedicada ao tema. "Temos grandes chances de sermos um hub tecnológico da América Latina. Empresas chinesas e americanas que quiserem atuar na região virão para o Brasil", colocou ele.

A intenção do governo é também buscar investidores na Europa. Faria voltou a afirmar que fará mais uma viagem internacional, desta vez para Glasgow, na Escócia, "para falar de 5G". Antes do leilão, o ministro visitou uma série de outros países, mas as visitas na Europa foram sobretudo onde estavam instalados fornecedores de equipamentos, como Suécia (Ericsson) e Finlândia (Nokia).

Notícias relacionadas

Em outro painel, foi destacada a parceria do Brasil com a União Europeia. Em dezembro, o bloco econômico deverá anunciar uma parceria com o Mercosul, em um diálogo sobre "sociedade da informação e economia digital", de acordo com o embaixador da delegação da UE no Brasil, Ignacio Ybanez.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.