Claro Box TV começou a ser comercializada em SP e Rio

Foto: Pixabay

A Claro iniciou a comercialização do serviço Claro Box TV em soft launch restrito a São Paulo e Rio de Janeiro. Alguns parceiros da operadora já contam com o equipamento para teste. A página do serviço no site da operadora, no entanto, foi retirada do ar nesta quinta, 8, após a divulgação. Nela, a operadora apontava que a venda seria exclusivamente online. Ainda assim, o site da Claro ainda conta com algumas informações sobre o produto.

O serviço OTT da Claro já estava disponível inclusive a clientes de outras operadoras, mediante taxa de adesão de R$ 250. A taxa não será cobrada aos clientes da operadora.

A expectativa pelo lançamento vem desde julho, quando as primeiras informações sobre o equipamento foram publicadas, primeiramente pelo site Tecnoblog, que teve acesso ao encarte e ao manual de instruções. Durante o Pay-TV Fórum, em agosto, executivos da operadora deixaram claro que o novo serviço seguiria as regras do SeAC, o que traz diversas obrigações, e que estaria numa faixa de preço que permitiria oferecer o serviço a outros perfis de assinantes e marcar a chegada da operadora em novos mercados.

Novo serviço OTT inclui canais lineares e VOD.

Os planos oferecidos custam R$ 20, R$ 49,9 e R$ 119,9, este último um combo banda larga de 240 Mbps. O mais barato inclui apenas o equipamento e acesso ao Now e Claro Vídeo. Os outros apps devem ser contratados individualmente. Já o intermediário inclui mais de 50 canais, ainda não discriminados na oferta no site da operadora. Os planos contam ainda com os canais abertos locais, uma obrigação do SeAC, o que justifica o lançamento escalonado, ao invés de abrangência nacional imediata.

A caixinha permite acessar diversos serviços de streaming, como Netflix, HBO, Fox, Strazplay, Paramount+ e Looke. Conta ainda com oferta de VOD e linear de alguns dos principais canais disponíveis na TV por assinatura de programadoras como Discovery, Newco Pay-TV, Disney, Viacom e Curta!. Os serviços da Globo, como Globoplay, Telecine Play e Premiere, além dos canais lineares, não estão disponíveis na caixa OTT da Claro. Conforme apurou este noticiário, os dois grupos ainda não chegaram a um acordo comercial.

Tecnologia

A caixa é entregue ao cliente, que deverá, ele mesmo, fazer a instalação. Para isso, basta conectar à rede elétrica, à de banda larga por wifi e à TV, através de porta HDMI.

A caixa trabalha com vídeo em 4K, resolução já disponível em alguns dos serviços de streaming disponíveis, e o serviço inclui um gravador virtual que permite voltar a programação em até sete dias, bem como gravar conteúdos para assistir depois. Outro destaque é a mobilidade da caixa, que pode ser levada a qualquer lugar com acesso à Internet.

O controle da caixa aceita comando de voz, tornando mais fácil e rápido encontrar conteúdos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.