Via Sat Brasil oferecerá banda larga em banda Ka à aviação civil

A aquisição dos direitos para toda a capacidade de banda Ka do satélite Eutelsat 3B, lançado em maio de 2014, abriu um leque de possibilidades à Via Sat Brasil. "Antes estávamos trabalhando a oferta de banda larga apenas com os segmentos residencial e de pequenas e médias empresas, devido ao modelo de negócios da Media Networks, que foi quem adquiriu os direitos da banda Ka do Amazonas 3 (da Hispasat)", recorda Leandro Tavares, diretor de telecom da Brastrading, uma das acionistas da Via Sat Brasil. "Agora compramos capacidade direto da operadora, da Eutelsat, e vamos operar nosso próprio teleporto, com plataforma Gilat, e temos trabalhado outras possibilidades", conta o executivo, que participou na última semana do Congresso Latino-Americano de Satélites, realizado pela Converge Comunicações no Rio de Janeiro.

Entre os novos ramos de negócio estão parcerias com telcos, atendimento ao mercado corporativo, e ainda os segmentos marítimo, aéreo e governamental. "No momento estamos focados em trabalhar com broadband para a aviação civil. Já fechamos parceria com o integrador estamos fechando o modelo de negócios", revela Tavares.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.