São Paulo sofre com nova pane na rede de voz da Telefônica

Grande parte dos paulistanos amanheceu nesta terça-feira, 8, sem poder receber ou realizar chamadas no telefone fixo. A forte e insistente chuva que castigou praticamente todo o Estado ao longo do dia é a provável causadora do 'caladão' e fez o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) decretar 'estado de atenção' na capital desde as 8 horas da manhã. Usuários de bairros das zonas leste, sul, norte e oeste da capital, além de cidades vizinhas, como Barueri, sofrem com a instabilidade da rede desde o início da manhã. Procurada por esta reportagem, a assessoria de imprensa da Telefônica informou que a operadora ainda não tem o diagnóstico do problema e que trabalha para solucioná-lo o mais rápido possível. O mais provável é que a inundação em diferentes pontos da capital, somadas a vulnerabilidades nos cabos e armários, tenha danificado a rede que fica nas galerias subterrâneas da empresa.
Segunda vez
Esta pane é a segunda sofrida pela Telefônica neste ano. A primeira foi há exatos três meses. No dia 9 de junho, também em uma manhã de terça-feira, foi detectada uma forte instabilidade na rede de telefonia fixa da tele, comprometendo o completamento de chamadas de milhões de usuários. Na ocasião, a Telefônica apurou falhas em parte da rede de sinalização, necessária ao completamento de chamadas de voz, que atingiu os municípios de Guarulhos, Cotia, Santo André, Praia Grande, além de regiões e bairros da capital paulista, como Santo Amaro, Avenida Paulista, Praça da Sé, Pirituba e Higienópolis. Posteriormente, constatou-se tratar de um erro de procedimento na atualização de softwares da rede.

Notícias relacionadas
Anatel
A Anatel afirma que está investigando o ocorrido, mas ainda não está confirmada a abertura de um processo de apuração sobre o incidente. Segundo a agência, a pane começou às 10h30 e às 14h o sistema já estava reestabelecido. A fiscalização ainda está apurando as áreas afetadas e a quantidade de usuários atingidos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.